Estudar após os 50 anos

Bernardo, Manuel, Conceição, Casimiro e José ingressaram em História depois dos 50 anos. Entre as razões estão: renovar horizontes, ir às raízes, seguir opções apagadas da vida e manterem-se ativos. Bernardo, por exemplo, já fez duas licenciaturas e, aos 76 anos, vai defender a sua tese de mestrado. Vamos conhecê-los.
    
Reportagens

Magda entrou com a nota mais alta

A bracarense de 17 anos teve a média de 19.74 valores. Frequenta Engenharia Física e tem a ambição de ser investigadora na área da nanotecnologia.
Saiba mais
Reportagens

"Aqui não sinto problemas de mobilidade"

Delfim Macedo, 52 anos e da Póvoa de Lanhoso, tem malformação esquelética e intolerância ao glúten. É formado em Informática, quase mestre em Ensino de Informática e quer lecionar na área. Inspirador.
Saiba mais
 

De sorriso no rosto para abraçar a família UMinho

Encontro Caixa Alumni 2018 decorreu em clima de grande alegria na Escola Sá de Miranda. Mais de 700 alumni não quiseram faltar ao reencontro.

PeekMed. Da UMinho para servir os cirurgiões de todo o mundo

Software da empresa bracarense já está a ser utilizado em mais de 30 países por mais de 1100 cirurgiões.